Pilates com fisioterapia, uma tendência que veio para ficar!

pilates-11

A Perfformance recomenda pilates como forma de tratamento fisioterapêutico, que tem como objetivo mobilização, alongamento, flexibilização, fortalecimento muscular e reeducação postural. Para as pessoas que sofreram algum tipo de lesão e precisam fazer fisioterapia, o Pilates pode começar a ser introduzido por um fisioterapeuta, que usa o método misturado a outras técnicas para a reabilitação. Mais informações pelo telefone 3645.8017

 

Mais sobre o Pilates

 

Pilates é um método de tonificação muscular, realinhamento postural e alongamento corporal que integra corpo e mente, criado pelo alemão Joseph H. Pilates (1880-1967). Visando o movimento consciente sem fadiga e dor, baseia-se em seis princípios: a respiração, o controle, a concentração, o fluxo de movimento e a precisão.

 

O Pilates reabilitação é indicado para tratamento pós-cirúrgicos, dores agudas, patologias articulares diversas (torsão, estiramento muscular, artrose, tendinites) e seqüelas neurológicas (derrames, parkinson, distrofia muscular) e devem ser orientados por fisioterapêutas e profissionais de áreas afins da saúde, em atendimento individual.

 

Quem pode praticar?


O perfil dos praticantes abrange dos sedentários aos atletas de elites (esportistas e dançarinos), dos que apresentam dor e desvio postural aos que desejam manter e melhorar a performance física, possuindo a faixa etária de 10 anos à terceira idade.

Onde praticar?


Atualmente pelo reconhecimento e difusão do método, podem existir estúdio de Pilates em academias de dança e de ginástica, em espaços terapêuticos e alternativos, em clínicas e hospitais e estúdios particulares. Na realidade, o importante é saber qual a sua necessidade e procurar o profissional devidamente certificado e qualificado para atendê-lo.


Pilates também é prevenção.


Sendo assim, consideramos que o método Pilates tanto pode ser praticado por fisioterapêuta para tratamento de pacientes com síndromes e patologias dolorosas, como ser ministrado por dançarino e educador físico para desenvolver a aptidão física e postural tornando o corpo flexível, equilibrado, coordenado e integrado. Mas, para além dessa pretensão de enquadrar o Pilates num lugar específico da formação e da ciência, o que não se propõe como filosofia e essência. É, correlacionar o homem contemporâneo e os possíveis benefícios que o método pode proporcionar, que, não se restringe somente a curar e desenvolver qualidades físicas, corporais e posturais, mas favorecer a educação corporal preventiva.

 

2 respostas para Pilates com fisioterapia, uma tendência que veio para ficar!

  1. Janaína disse:

    Pôxa, que bacana! Não sabia deste benefício! Estou adorando o blog!
    Parabéns a equipe Perfformance.
    Janaína

  2. Janaína disse:

    Por que vocês não publicam sobre os benefícios da natação!?!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: